Viagem internacional: conheça os tipos de remédios que você pode levar

0
0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×

remédios que você pode levar em viagem internacional

Para despachar as bagagens no aeroporto é preciso seguir uma série de regras bastante rigorosas. Por isso, muitas pessoas começam o processo de montar as malas dias antes. Principalmente, se for uma viagem internacional. Mas é quando todas as roupas, sapatos e cosméticos estão separados que surge uma dúvida: como levar remédios para fora do país? Todos são permitidos ou existem categorias específicas?

Para te ajudar a preparar seu nécessaire de medicamentos sem dúvidas, preparamos um artigo completo. Leia este texto até o final e entenda quais são os remédios que você pode levar em viagem internacional.

Por que as regras sobre medicamentos são tão específicas?

As regras que regem o embarque de bagagens em um voo internacional são baseadas nas leis de cada país de destino. Elas irão depender da legalidade de cada substância, uma vez que cada país determina o que pode ser usado em seu território. Essa rigidez também acontece para evitar que pessoas mal-intencionadas transitem entre os territórios, traficando substâncias ilegais.

Por isso, todos os medicamentos devem ser transportados na bagagem de mão. Ou seja, eles serão de inteira responsabilidade do passageiro e não da companhia aérea. E, por isso, devem seguir as regras gerais sobre esse tipo de bagagem.

Medicamentos que não precisam de receita podem ser transportados?

Os remédios que não precisam de receita são os mais simples de serem levados em viagens internacionais. Caso seja solicitado, eles devem ser apresentados aos agentes de segurança aeroportuária. Eles certamente saberão identificar quais são os remédios que você pode levar em viagem internacional e liberaram o seu embarque.remédios que você pode levar em viagem internacional

Mas fique atento. Se você for fazer escala em países diferentes daquele de destino, certifique-se de que esses medicamentos são aceitos em todos os aeroportos pelos quais você passará.

Os de uso contínuo são remédios que você pode levar em viagem internacional?

Os remédios que não precisam de receita são aqueles que solucionam pequenos e eventuais sintomas, como as dores de cabeça. Mas existem também os medicamentos de uso contínuo. Nesse caso, é importante que o passageiro tenha em mãos a receita, especificando exatamente a quantidade de remédio que você precisará durante o tempo de permanência no exterior.

Essa receita deverá ter também o nome completo do paciente, que será conferido e comprovado por meio de documentos de identidade. Além do nome completo de registro profissional do médico.

Remédios líquidos e injetáveis podem embarcar?

A regra para os remédios que você pode levar em viagem internacional são as mesmas para cosméticos e produtos de higiene. Ou seja, para o caso daqueles que são líquidos, suas embalagens devem ter entre 120 e 150 ml de volume. E aqui vale a mesma regra sobre a prescrição. Pacientes diabéticos, por exemplo, que precisem da insulina, devem portar as receitas assinadas por um médico.  

A lista de remédios que você pode levar em viagem internacional é enorme. Na realidade, existem poucas restrições e elas variarão de acordo com os países para onde você viajará. O mais importante é ter o receituário médico sempre em mãos. Assim como a quantidade de medicamentos compatível com o período que você estará fora do Brasil.

Você vai viajar em breve e tem dúvidas sobre o que é permitido embarcar na aeronave? Compartilhe suas questões nos comentários e iremos ajudá-lo a fazer uma mala mais assertiva.

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×