Viagem fora do país: 4 doenças mais comuns

0
0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×

doenças mais comuns fora do país

Um dos maiores pesadelos de um viajante é ficar doente. Além da frustração de perder passeios incríveis, precisará enfrentar atendimento em local desconhecido, muitas vezes sem nenhuma referência. O problema fica ainda maior quando se está fora do país!

Para tentar se precaver, este artigo aponta as quatro doenças mais comuns fora do país. Não evitará o transtorno, mas pelo menos, o viajante saberá como contornar o problema.

1. Intoxicação alimentar: problema atinge muitos viajantes

Em alguns países do Oriente, África e América Central a intoxicação alimentar pode ser bastante comum. Problemas de saneamento básico, clima muito quente, o manuseio e a conservação errada dos alimentos são alguns dos fatores que desencadeiam esta que é uma das doenças mais comuns fora do país.

Os sintomas mais corriqueiros são vômito, diarreia, alergia na pele. Por isso, ao perceber algum deles é preciso correr para o hospital a fim de iniciar o tratamento. Nesse caso, é importante contar com o seguro viagem, pois os procedimentos médicos costumam ser muito caros fora do Brasil, mesmo que seja algo simples.

2. Gripes e resfriados são muito comuns

São doenças mais fáceis de serem cuidadas, mas nem por isso as gripes e os resfriados deixam de ser um transtorno durante a viagem. Ocorrem principalmente quando há uma mudança brusca de temperatura e se o tempo de voo for muito grande.

Ficar em locais fechados por muito tempo é propício para a contaminação de vírus e bactérias que provocam as gripes e os resfriados. Portanto, essas são algumas das doenças mais comuns fora do país.doenças mais comuns fora do país

3. Conjuntivite pode acontecer a qualquer momento da viagem

A conjuntivite, aquela inflamação nos olhos que causa coceira, irritação, deixando-os super vermelhos é uma das doenças mais comuns fora do país. A permanência em locais fechados, como voos que duram muitas horas pode ser o motivo.

Para evitar esse transtorno a dica é não levar as mãos ao rosto após os passeios e sempre higienizá-las depois de passar por locais com grande aglomeração. Se não for possível evitar o problema, alguns colírios podem resolver, mas o mais recomendável é buscar ajuda profissional pois a automedicação tem os seus perigos.

4. Insolação é uma das doenças mais comuns fora do país

Na realidade a insolação pode acontecer até mesmo em um destino dentro do Brasil. Mas é importante salientar que o calor feito em certos países surpreende. Alguns brasileiros subestimam o fato e por isso acabam enfrentando o problema.

Sendo assim, a dica é não deixar de passar o protetor solar, mesmo se o destino não for praiano. Qualquer passeio ao ar livre exige a utilização do produto. Se não for possível evitar, e a insolação for muito grave, é melhor contar com um seguro viagem, com assistência médica, pois internações costumam ser caríssimas.

Portanto, não esqueça: a insolação está entre as doenças mais comuns fora do país.

Existem outras doenças graves como a malária, a febre amarela, cólera e hepatites que podem ser contraídas em países da África, América Central e do Sul, além da Ásia. Mas, no geral, a intoxicação alimentar, gripes, conjuntivite e insolação são mais comuns em qualquer destino do mundo e por isso foram listadas aqui neste artigo.

Portanto, tome cuidado e faça a contratação do seguro viagem para ter atendimento de qualidade caso não consiga evitar essas doenças mais comuns fora do país.

Se gostou deste artigo deixe aqui o comentário e continue acompanhando as novidades do nosso blog.

 

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×