Hospitais da Europa: entenda como funciona o atendimento para turistas

0
0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×

atendimento para turistas em hospitais da Europa

Você se planejou por meses, comprou as passagens, reservou o hotel, contratou o melhor seguro de viagem possível e finalmente chegou a hora de embarcar. O voo acontece perfeitamente, suas malas estão todas intactas e os passeios já podem começar. Mas algo inesperado acontece e, quando você menos espera, está na Europa precisando de atendimento médico.

É claro que essa é uma situação que está longe de ser a ideal. Mas se algo acontecer, o melhor é que você saiba como agir. Então leia este post até o final e entenda como funciona o atendimento para turistas em hospitais da Europa.

Portugal: o mundo ideal no atendimento para turistas em hospitais da Europa

O sistema de saúde pública em Portugal é bastante bom. Mas não é totalmente gratuito, embora os valores praticados não sejam absurdamente altos. Por exemplo, o atendimento de emergência em hospital custa, em média, 20 euros. E os brasileiros podem ser atendidos nesses hospitais pagando os mesmos valores dos cidadãos portugueses. Entretanto, será preciso ter um documento específico para isso ou a contratação do seguro viagem. Dessa forma, além de não ter problemas burocráticos, você terá todos os pagamentos reembolsados no final da viagem.

França: hospitais públicos de alta qualidade

A maioria dos franceses utiliza o serviço público de saúde, que é bastante eficiente e tem qualidade superior a muitos particulares brasileiros. Para os cidadãos, o atendimento é gratuito, entretanto, os estrangeiros que precisarem de atendimento médico devem pagar pelas consultas, exames e medicamentos. Esse é quase um padrão no atendimento para turistas em hospitais da Europa. Mas quando o seguro viagem é contratado, não existem motivos para preocupação. Todas as despesas são cobertas por ele e o viajante pode focar apenas em ficar bem.

atendimento para turistas em hospitais da Europa

Irlanda: seguro de saúde obrigatório para entrar no país

A contratação de um seguro de saúde é obrigatória para quem quer entrar na Irlanda. Nesse país, a situação do atendimento de saúde público não é como em Portugal e na França. Ou seja, o serviço não é conhecido por sua qualidade. Mas se mesmo assim o estrangeiro for atendido por eles, será necessário pagar por esse atendimento. Por isso o seguro de viagem é tão importante. Afinal de contas, um imprevisto pode atrapalhar suas férias se você não puder procurar ajuda médica.

Itália: serviço médico muito parecido com o brasileiro

O serviço de saúde na Itália é parecido com o brasileiro e o irlandês. Ou seja, esse é mais um caso que o atendimento para turistas em hospitais da Europa no qual o primeiro mundo não é representado. Se você puder pagar um hospital particular, sua saúde agradecerá. Para os atendimentos públicos, as horas de espera são longas e o turista deverá pagar uma taxa para ser atendido por um clínico geral (ou médico de família, como eles dizem). Caso seja necessária a intervenção de um especialista ou algum exame mais específico, novas taxas são aplicadas. Isto é, esse é mais um caso em que o seguro viagem tornará suas férias mais tranquilas.

O atendimento para turistas em hospitais da Europa não é o ideal ou com qualidade excepcional como imaginamos. Mesmo naqueles países, como França e Portugal, que possuem excelentes hospitais públicos, os viajantes deverão pagar taxas para terem acesso aos hospitais. Por isso, o melhor que você pode fazer antes de embarcar para algum desses países é contratar um seguro viagem completo. Ele não apenas encontrará os melhores médicos para a sua necessidade, como também cobrirá todas as despesas que virão junto com os profissionais de saúde.

Você já precisou de atendimento médico fora do Brasil? Compartilhe a sua experiência nos comentários!

 

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×